Follow by Email

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

1ª Seleta de Versos Brasileiros - Edição Especial 2013





Núbia Cavalcanti dos Santos
Sanharó / PE

Sem nexo

Ao abrir a porta, deixei entrar os raios do sol
Diminuindo a escuridão nefasta
Que tomou conta do nosso aconchego
Desde que você se foi
Sem nenhuma explicação.

E, com passos incertos e desordenados
Caminhei até a varanda
E senti o os raios do sol de verão
Aquecendo o meu corpo fragilizado
Pelas noites passadas em claro.

Senti a brisa suave da manhã
Acariciando o meu rosto pálido
Enquanto uma gaivota solitária
Cruzava o imenso horizonte
À procura do seu amado.

Meu olhar se perdeu na distância
E, em cada vulto que se aproximava
Eu via tua imagem refletida
E até imaginava ouvir tua voz
Chamando meu nome baixinho.

Mas, tudo não passava de uma miragem
Fruto da minha imaginação em desordem
E da falta de lucidez
Causada pela dor da tua ausência
E pelos dias de profunda melancolia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário