Follow by Email

segunda-feira, 4 de março de 2013

Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos - Vol. 99






 Núbia Cavalcanti dos Santos
Sanharó / PE

Súplica sertaneja

Oh, Deus!
Tenha piedade desse pobre homem
Que já não sabe mais o que fazer
E, desesperado, ajoelha-se sobre a terra rachada
Elevando as mãos para o céu
E pondo-se a rezar fervorosamente
Suplicando a Ti humildemente
Que perdoe os seus pecados
E amenize o seu padecer!

Oh, Deus!
É triste para o pobre sertanejo
Ver o seu rebanho cambaleando
Por falta d’água e alimentação
E, aos montes, tombando
Entregues à própria sorte
Definhando e esperando a morte
Enquanto os raios do sol causticante
Torra a terra árida e sem vida!

Oh, Deus!
Eu sei que não somos merecedores da Tua Glória
Mas, só Tu, meu Deus, com a Tua infinita bondade
Poderás fazer renascer a esperança
Em cada um de nós
Sobreviventes dessa seca atroz
Que transformou o nosso sertão em um deserto
Mas que não tardará em florescer novamente
Assim que Tu mandares uma chuvinha milagrosa!