Follow by Email

domingo, 7 de junho de 2015

Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos - Volume 123

Núbia Cavalcanti dos Santos
Sanharó / PE

À beira do precipício

Sinto-me imensamente vazia
Meu coração transformou-se em um deserto
Escasso de sentimentos
Sentimentos que foram morrendo lentamente
Atropelados pelas desilusões da vida.

Foram tantas as decepções
Vindas de onde eu menos esperava
Essa foi a recompensa que recebi
Por ter me doado por inteiro
Esquecendo até de mim mesma.

De tanta ingratidão acumulada
Senti que minh'alma foi ficando angustiada
E o meu sorriso foi se apagando
Assim como o brilho do meu olhar
Que foi  ficando opaco, sem vida.

Angústia e desalento
Foi tudo o que me restou
E hoje me sinto à beira de um precipício
Prestes a mergulhar no imenso vazio
De onde jamais poderei retornar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário