Follow by Email

terça-feira, 10 de abril de 2012

Poesia publicada na Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos - Vol. 88 - Abril de 2012



Núbia Cavalcanti dos Santos
Sanharó / PE

Depois que você se foi

Depois que você se foi
Meu coração virou um deserto
Meus dias...
Já não os sinto passarem
Minha vida...
Já não tem mais sentido
E sinto-me como se fosse:
Uma ave que perdeu seu ninho
Uma rosa que não desabrochou
Uma noite sem luar...
Depois que você se foi.

Depois que você se foi
Nada mais me importa
Sinto que minha alma
Meu corpo abandonou
E agora, está morta
Porque não suportou a saudade
Que no meu peito, se alojou
Esmagando o meu coração
Que de dor, está sangrando
E de amor, está clamando
Depois que você se foi.

4 comentários:

  1. Olá querida Núbia,cada poeta com seu estilo poetico,se assim não fosse...a mesmice,tiraria a autenticidade da poesia...ela perderia a essência de ser...adorei sua poesia poeta;parabéns,continue trilhando seu caminho poetico. Otacílio Teixeira

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, amigo poeta.
    Visitei seu blog e li boa parte das suas obras, além das obras que recebi das suas mãos.
    Fiquei encantada.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Olá querida poeta,neste mesmo dia,que tive a honra de conhece-la aí na aplausivel Sanharó,e te passei um pouco da nossa poesia;vir sentir a cada passo que dava por essa cidade,por sua harmoniosa e poetica simplicidade,um grande afeto pela mesma.Pretendo voltar mais vezes...e você continue trilhando o caminho da sua boa poesia.

    ResponderExcluir
  4. Fiquei muito feliz em conhecê-lo.
    Adoro Maria e chego a sentir-me como parte da família.
    Venha sempre que puder, pois será um prazer ter sua companhia e da Maria.
    Eu vou continuar procurando meu lugarzinho nesse vasto mundo da poesia, ainda desconhecido e desvalorizado por muitos.
    Continue também correndo atrás do seu lugarzinho ao sol.
    Abraços.

    ResponderExcluir