Follow by Email

domingo, 7 de junho de 2015

Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos - Volume 124

Núbia Cavalcanti dos Santos
Sanharó / PE

Menino de rua

Menino de rua...
Que sina, essa tua!
Onde estão teus pais?
Ou já não os tens mais?

Menino de rua...
Fruto de uma gravidez indesejável
Nascido de pais irresponsáveis
E ainda dizem que a culpa é tua!

Menino de rua...
Tão jovem e tão maltratado!
Para as estatísticas, um morador de rua
Ou mais um miserável?

Menino de rua...
Em tuas andanças solitária e sem destino
A tua companhia é um cão sarnento
Que foi abandonado pelo seu dono!

Menino de rua...
Teu teto é sob a luz da lua!
Tua cama, um pedaço de papelão!
Teu alimento, migalhas de pão!

Menino de rua...
Desprezado por uma sociedade desumana
E invisível aos olhos dos poderes públicos!
Que futuro terás, menino de rua?

Nenhum comentário:

Postar um comentário