Follow by Email

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos - volume 110.




Núbia Cavalcanti dos Santos
Sanharó / PE

Jamais te esqueci

Abri as portas do meu coração
E desnudei minh’alma
Para que um novo amor pudesse entrar
Expulsando a solidão
E ocupando o seu lugar
Que há muito tempo está vazio.

Mas ao cair da noite fria
Soprou uma brisa traiçoeira
Trazendo em suas asas sorrateiras
Lembranças de dias de alegria
Que um dia ao seu lado vivi
E que jamais esqueci.

E mais uma vez
Senti que seria em vão
Tentar esquecer esse amor
Porque o meu coração
Insiste em te querer outra vez
Porque não vive sem teu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário